As provas contra Lula: palestras e Instituto Lula As doações para a o instituto foram, em grande parte, feitas pelas empreiteiras do petrolão, principalmente a Odebrecht e a OAS ~ Revista Fm Esperançanossa

Atenção

* A Revista Esperancanews- não formula notícias, artigos ou vídeos, salvo quando os mesmos são citados como criação própria. Todas as nossas publicações são reproduções fiéis de sites de terceiros. Sendo assim, o conteúdo e/ou opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores, cujas informações estão contidas nos links da fonte, e não refletem, necessariamente, a opinião da Revista Esperancanews

quinta-feira, 21 de novembro de 2019

As provas contra Lula: palestras e Instituto Lula As doações para a o instituto foram, em grande parte, feitas pelas empreiteiras do petrolão, principalmente a Odebrecht e a OAS

Palestras e Instituto Lula (Foto: Época)
Assim que deixou o governo, o ex-presidente Lula adotou a prática comum de ex-mandatários: constituiu um instituto para guardar seu acervo e promover discussões e foi fazer palestras pelo mundo. Em seu caso, no entanto, as investigações mostram particularidades. As doações para o instituto foram, em grande parte, feitas pelas empreiteiras do petrolão, principalmente a Odebrecht e a OAS. No caso das palestras, a Odebrecht reinava. De preferência, Lula fazia palestras em países nos quais a empreiteira pretendia ter ou tinha obras, muitas delas financiadas pelo BNDES. Além de pagar pelas palestras, a Odebrecht ainda bancava toda a logística de Lula.
Segundo a Lava Jato, Lula recebeu cerca de R$ 30 milhões, considerados propina por ajudar a Odebrecht a alavancar negócios e conseguir financiamento do BNDES. Além de depoimentos de executivos da empreiteira, entre as provas estão comprovantes bancários dos pagamentos à LILS, a empresa de palestras de Lula, documentos fiscais, e-mails internos da Odebrecht, anotações dos executivos e trocas de mensagens de executivos da OAS. O Instituto Lula nega as acusações. Afirma que todas as palestras de Lula foram “legítimas, legais e com impostos recolhidos”.

0 Comments:

Postar um comentário

Comentarios